quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018
ad
Centro Veterinário
Giganet 10000

Sobre o Autor

Dr. Jorge Ferreira
WP Fest
GV Clínicas

Um Comentário

  1. mamesica@gmail.com'

    Marta Mendes

    Penso que deixar de pagar servidor que tem direito a integralidade de seu salário, sob possível inconstitucionalidade ainda a ser declarada, caracteriza ato arbitrário. E isto, fica mais evidente, quando não cumpre ordens judiciais ou quando seleciona os inativos para deixarem de cumprir as obrigações administrativas. Onde está na lei que em caso de dificuldades financeiras são só os inativos que devem suportar os ônus?Uma total afronta aos direitos do idoso e às normas processuais. A tomada de decisão ocorreu a “priori” sem nenhum processo legal, de forma unilateral e abusiva. Usando como falso escudo para tal arbitrariedade a obediência às orientações do Ministério Público e Tribunal de Contas. Só sei que não tive direito a nenhum processo legal, vivendo assim o mesmo horror dos cidadãos sob jugo das eras absolutistas.

    Reply

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© Copyright: 2016 - Todos os direitos reservados